Pelo terceiro ano seguido, servidores de diversas secretarias e órgãos do governo estadual se reúnem para mais uma edição do Natal Solidário. Na campanha, é disponibilizada a adoção de cartinhas de crianças para o Papai Noel de duas instituições de Porto Alegre, além da doação de cestas básicas com panetone, que serão encaminhadas a uma instituição e também a funcionários terceirizados da Casa Civil.

As cartinhas serão escritas por 100 crianças da Casa Madre Giovanna, do Campo da Tuca, e 100 crianças do Centro Infanto Juvenil Monteiro Lobato, da Restinga. Além dos funcionários da Casa Civil, serão destinadas 200 cestas básicas com panetone para a Casa Vó Georgina, do Jardim Marabá. Os(as) interessados(as) em participar devem procurar a pessoa responsável pela ação da sua secretaria/órgão (veja a lista aqui).

O prazo para entrega dos presentes e das cestas básicas segue até o dia 10 de dezembro.

“Estamos muito felizes com as novas adesões nesta edição, pois juntos conseguimos ampliar as metas e levar mais amor, esperança, alegria e o carinho de cada “Papai Noel” e “Mamãe Noela” a diversas famílias carentes. O maior presente é sempre nosso em presenciar o brilho e a gratidão no olhar em cada entrega”, ressalta a diretora de Gestão de Pessoas do governo estadual, Andrea Pasquini.

A campanha Natal Solidário 2021 é uma parceria entre as secretaria de Planejamento, Governança e Gestão, Desenvolvimento Econômico, Cultura, Fazenda, Meio Ambiente e Infraestrutura, Educação, Agricultura, Justiça, Sistemas Penal e Socioeducativo, Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RS), Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (AGERGS), Superintendência dos Serviços Penitenciários (SUSEPE), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), com apoio da Associação dos Procuradores do Estado do Rio Grande do Sul (APERGS) e do Sindicato dos Servidores da Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul (SINDISPGE).

Texto: Vagner Benites, Ascom/SPGG